A NGA publicou em 29 de abril, o Technology Focus Areas 2020, um guia do setor sobre como a agência aborda a tecnologia em geral. A publicação mostra áreas emergentes de importância para a NGA e a comunidade GeoINT para permitir maior colaboração entre a agência, a indústria, a academia e outros parceiros governamentais e comunitários. Análise e modelagem, gestão de dados, engenharia de software moderna, inteligência artificial e o futuro do trabalho (a ampliação das parcerias homem-máquina e uma força de trabalho mais produtiva e colaborativa) são as principais prioridades tecnológicas para a NGA.

Dentro desse contexto, quanto a importância do segmento satelital, vale ressaltar que o software agora define a maioria das capacidades de missão crítica em satélites, e está sob a possibilidade constante de ataque. As crescentes ameaças à segurança cibernética das plataformas espaciais, levaram ao desenvolvimento de uma nova arquitetura de satélite definida por software que suportará operadores militares e serviços críticos, como o GNSS.

Quanto a isso, a Lockheed Martin integrou a arquitetura SmartSat em várias cargas de nano-satélite da empresa, permitindo que os satélites mudem suas missões em órbita conforme necessário, permitindo maior flexibilidade militar. Satélites integrados à tecnologia podem reiniciar rapidamente e fazer backup uns dos outros conforme necessário, melhorando a capacidade de recuperação e também podem detectar e defender melhor contra ameaças cibernéticas de forma autônoma.

O SmartSat foi projetado usando uma abordagem de “confiança zero” ou “ameaça em primeiro lugar”. Para projetar e construir tais sistemas definidos por software, é importante entender as ameaças contra eles. A nova solução garantirá que os satélites sejam reforçados com segurança cibernética, incluindo detecção de intrusões baseadas em software e hardware, criptografia segura, criptografia e gerenciamento de identidade, etc.

Não só essa visão, mas a evolução tecnológica atual como um todo, confirmam a importância de se investir na pesquisa e busca de novas ferramentas, voltadas para a proteção e segurança no emprego das Geotecnologias, sob pena de ter sua eficiência colocada em cheque.

Fonte: NGA Tech Focus Areas; Dr. Javier Valencia Martínez de Antoñana;

Integração, adaptação e tradução: Evenuel Viana Veloza;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s